Home » Márcia Cordoni » Meditação

Meditação

Vote neste conteúdo

Shiva-meditacao

Meditação

Todo mundo fala de meditação, dizem que é bom, mas quase ninguém sabe de fato o que é.

A meditação é o nome de um estado de consciência. Por exemplo: agora você está num estado mental consciente, lendo essa coluna e compreendendo o seu significado, quando dormir, entrará num estado de inconsciência, mas existe um estado que está acima da consciência normal que é o da meditação, também chamado de super consciência.

O objetivo de todas as linhas de Yôga é alcançar esse estado de consciência.

Mas para que fazer isso? Acontece que nesse estado nós alcançamos um nível de conhecimento muito maior, um conhecimento intuicional.   E você sabe bem o que é uma intuição. Ela vem e pronto, mas como fazer para tê-la outra vez?

Para isso necessitamos de técnicas, de exercícios de concentração e de muito treino para chegar lá. Ao aquietar a mente, com a concentração, começamos a eliminar o turbilhão de pensamentos que assolam nossa mente o tempo todo. Com o treino constante percebemos uma nítida diferença em nossa vida, pois passamos a ser senhores da nossa própria mente e não os escravos dela.

Veja bem, você pode estar feliz e de uma hora para outra, por causa de um pensamento ruim, alterar seu emocional e ficar triste chegando a influenciar suas ações e suas decisões.

Outra coisa necessária, é a quantidade de energia para fazer eclodir a meditação. Em qual dessas profissões a pessoa gastará mais energia? Um carteiro que anda o dia inteiro ou um executivo que fica sentado queimando seus neurônios?

Com certeza você respondeu , o executivo, que faz um trabalho mental intenso o dia todo. Esse desgaste mental consome muita energia, e no dia seguinte o trabalho continua, sem tempo para recuperar a energia consumida. Já o desgaste físico é bem recuperado numa noite de sono.

Essa quantidade de energia necessária para eclodir a meditação, se consegue com todas as outras técnicas do Yôga, como os respiratórios, as técnicas corporais, os mantras, etc.

É por isso que antes de aplicar os exercícios de meditação, precisamos praticar as técnicas anteriores e assim ficarmos preparados para meditar. É preciso ter um corpo forte, saudável, e capaz de ficar nas posições de meditação durante o tempo do exercício, assim numa aula de Swásthya Yôga, que é o método que eu ensino, os ásanas, as técnicas corporais, são fortes, trabalham o equilíbrio, a flexibilidade, o alongamento e no conjunto, ampliam a consciência corporal .

Bom, por enquanto é isso. Se você quiser aprender um pouco mais sobre o Swásthya Yôga, leia o livro Meditação e autoconhecimento do Mestre DeRose. E no dia 20 de junho de 2015 vou ministrar o curso Compreendendo a Meditação, na Uni-Yôga Santana às 15 h.

Sobre o(a) Colunista: Márcia Cordoni

Professora Márcia Cordoni
Formada pela Primeira Universidade de Yôga do Brasil em 1987, diretora da Unidade Santana desde 1998.
Ocupa a cadeira de docente preparando novos instrutores.
Uni-Yôga Santana: Avenida Água Fria, 98
www.yogasantana.com.br
márcia.cordoni@gmail.com

Palavras Chave

Add no TwitterTwitte Compartilhe com o FacebookCompartilhe