Home » CrossFit » CrossFit: competição ou fitness?

CrossFit: competição ou fitness?

CrossFit: competição ou fitness? 5.00/5 (100.00%) 1 voto

foto

CrossFit: competição ou fitness?

Olá amantes da intensidade, o ano mal começou e já temos algumas competições de CrossFit acontecendo!

Mas a maioria que busca o CrossFit não é para competir, e sim para melhorar seu condicionamento físico, ou seja, melhorar a saúde!

É claro que dentro disso está a perda de gordura, ganho de massa muscular, melhora na postura, e todos os benefícios de uma atividade física de alta intensidade!

E esse é o principio do CrossFit: tornar a vida das pessoas mais saudável! Ponto!

O que acontece, é que o ser humano gosta de competir, e por aqui não é diferente! Por isso, surgiram competições e o CrossFit se tornou um “esporte”, com atletas que vivem disso e para isso!

O ponto positivo de tudo, é que conseguimos ver ao vivo e a cores, qual o real potencial físico e psicológico que o atleta pode atingir, pois as competições tem a característica de te levar ao limite do limite! Ainda mais neste modelo de treino, em que todas as capacidades físicas estão envolvidas e são testadas a todo momento!

Geralmente o campeão levantou peso e correu, subiu em corda, puxou trenó, nadou, pedalou, andou de ponta cabeça, tudo em um dia! No dia seguinte fez diversas outras coisas em altíssima intensidade! Não imagino como testar mais todas as capacidades de alguém a não ser dessa forma! Talvez numa guerra, um soldado em combate passe por isso, ou um bombeiro no meio de alguma tragédia buscando realizar seu dever!

Se dependêssemos da mente para ditar a intensidade de quanto aguentamos sem ter essas referencias, que por exemplo, um CrossFit Games (maior competição hoje do “esporte”) nos traz, acho que dificilmente iríamos ter um treino tão completo quanto o nosso!

Dai a importância destes torneios, pois o aluno que vem apenas melhorar sua saúde, estará nas mãos de um professor (um bom professor eu quero dizer), que sabe os grandes feitos que um corpo humano pode realizar, pois foram testados nestas competições, e assim poder aplicar uma intensidade progressiva sem colocar falsos “baixos” limites, se é que vocês me entendem?! Isso tudo gera algo que é o grande responsável pelo sucesso do CrossFit no mundo: RESULTADO!

E nessa ousadia do bom professor, levar o aluno a um nível de condicionamento inimaginável por ele até então em sua vida! A consequência costuma ser a melhora na qualidade de vida! A maioria dos praticantes já se da por satisfeito com isso!

Agora, tem uma minoria, que quer ir mais além! Esses se tornaram ATLETAS, acordarão para isso, dormirão para isso! Irão se destacar na mídias, serão inspiradores de uma legião de praticantes!

E é ai onde teremos a junção da competição com o fitness! Um puxa o outro para todos evoluírem! E surge a famosa comunidade do CrossFit, assim como em outros esportes, quando todos se juntam, a coisa evolui com consistência e todos se beneficiam! Protegem a modalidade contra maus profissionais, transmitem novos conhecimento para assim receberem outros novos conhecimentos! E a coisa sempre estará se aperfeiçoando! Parece utopia, mas se acreditamos, já vale a pena!

 

Sobre o(a) Colunista: Tiago Heck

Formado em Esporte/USP em 2002, especializado em fisioterapia músculo-esquelética e desportiva, Crossfit Level 1 Vancouver 2009, CrossFit Kids Course 2013, Gimnastic CrossFit Course 2013, certificação nível ODEPA em Levantamento de Peso Olímpico, coordenador dos Cursos LPI (Levantamento de Peso Integrado), coach da Crossfit Sampa atleta de CrossFit.

Palavras Chave

Add no TwitterTwitte Compartilhe com o FacebookCompartilhe