Home » Musculação » Bons motivos para treinar ouvindo música

Bons motivos para treinar ouvindo música

Bons motivos para treinar ouvindo música 5.00/5 (100.00%) 2 votos

musica-e-exercicios-Post

Bons motivos para treinar ouvindo música

A música não possui apenas função psicológica: ela auxilia de fato no exercício físico

A cena é conhecida e tradicional. Dependendo da atividade que se faz no espaço da academia, um tipo de música diferente preenche o ambiente. Para malhação pesada ou aulas como de spinning e jump, o som é mais alto e o ritmo agitado. Se a aula é de pilates, o volume abaixa, o estilo tranquiliza. E, no fone de ouvido de cada um, a lista de bandas e sons obedece ao gosto pessoal. Mas acredite, isto não é apenas para diversão. Música na malhação altera e melhora o desempenho.

Na vida, a música que você ouve afeta o seu humor, correto? Na academia não é diferente, e os neurotransmissores, que você nem percebe que atuam, agradacem quando as condições são favoráveis na hora do exercício diário. O seu corpo responde ao estímulo sonoro, há um ganho de dopamina e serotonina – elementos que motivam o corpo, oxigenam a mente, aceleram os batimentos cardíacos e te deixam no ponto.

Isso, claro, sem falar no bem-estar perceptível, aquele que faz o tempo passar mais rápido, quando se ouve uma música. Tendo na trilha sonora o poder motivador e também organizador do tempo, a atividade física ganha um jeito lúdico de ser tratada.

Anote

Dica: ao invés de caminhar 5 minutos a mais, caminhe duas músicas a mais. Ao invés de concentrar a mente nos passos e no ritmo dos movimentos, escolha uma música que tenha a batida semelhante, que dialogue com o seu bpm.

Se você ouvir, portanto, que é uma motivação artificial, discorde. Existe explicação física e psicológica para que a academia seja um sinônimo de música no ambiente. Nem sempre tão alta, nem sempre tão baixa, nunca em exagero, elas são boas companheiras para as atividades que você deve ao seu corpo, o que é, antes de tudo, uma atividade com viés solitário. A música faz uma bela companhia nessa hora de trabalho mental e corporal.

Sobre o(a) Colunista:

Palavras Chave

Add no TwitterTwitte Compartilhe com o FacebookCompartilhe