Home » Marcos Ferrari » A relação entre o Core e a Força

A relação entre o Core e a Força

A relação entre o Core e a Força 5.00/5 (100.00%) 6 votos

a-relacao-entre-o-core-e-a-forca

Enquanto descansa que tal carregar uma pedra? A relação entre o Core e a Força.

 

Parece título de vídeo de algum tipo de “trolação” mas não é.

Na base do treinamento do Strongman estão certas atividades que são bem comuns e ao mesmo tempo essenciais para que o candidato a “ Homem mais forte do Bairro, Cidade, País ou Mundo” construa seu CORE. Eu me refiro a atividades como a de levantar uma Pedra Natural do chão e carrega-la por alguns metros.

Deixa eu explicar que , é lógico, me refiro a uma Pedra grande, daquelas que você passa na rua, vê, e diz: “ Será que alguém levanta essa pedra”. As pedras Naturais ou Natural Stone como são conhecidas no meio esportivo, exigem toda uma capacidade de adaptação em seu manuseio. Não é tão fácil como se pensa transportar uma pedra disforme.

Em termos práticos para içar a pedra do chão e transportá-la, primeiramente deve-se ter em mente que:

1-    A pedra não possui um centro de gravidade fácil, é necessário um manuseio prévio para encontrar esse melhor ponto.

2-    A Alavanca que trará esse Objeto do chão dependerá de quanto contrapeso/força você poderá impor neste momento.

3-    Uma vez no alto qual a melhor posição para se carregá-la, visto que a mesma poderá te machucar se não bem acondicionada e poderá também pressionar seu diafragma impedindo ou dificultando sua respiração.

Como falei estamos falando de pedras pesadas, e nesta condição os fatores acima aumentam exponencialmente, ainda mais se pensarmos que tudo será executado contra o relógio. Imagina tudo isso, agora correndo? Loucura? Não e eu explico.

Tudo isso depende de adaptação com cargas menores no início , para que aos poucos o corpo gere uma situação interna favorável e protetiva às alavancas e esforços que você precisa fazer. Isto é o CORE. Quando se fala de Core refere-se a Base do corpo que sustentará e dará apoio para que as musculaturas específicas possam executar o trabalho. No caso refiro-me a região Abdominal e Lombar.

a-relacao-entre-o-core-e-a-forca2

Essas regiões serão requeridas em quase 100% dos movimentos executados no Strongman. Uma boa base nestas regiões permitirá que o Atleta possa desempenhar as suas atividades e quanto mais forte ela for mais forte será o Atleta. Exatamente quanto maior for o Core maior será a capacidade de fazer Força.

Exercícios como Remada Cavalinho, Terra, Agachamento e Remadas são essenciais durante toda a vida deste atleta, outros exercícios como Over Press também se tornam necessários, basta dizer que para se fazer força ou sustentar uma carga acima da cabeça  dependemos de uma isometria e estabilidade do tronco para tal.

Na formação de um Strongman todos os movimentos se somarão, cada um acrescentará algo na composição do Core, mas as pedras em específico são fundamentais para que se perceba a importância desta estabilidade. Muito facilmente, um atleta iniciante, consegue entender melhor a Técnica das Atlas Stone depois de ter treinado com as Natural Stones.

Vale lembrar também que o manuseio destas pedras acabam gerando lesões pelo contato e fricção com a pele, então quanto melhor for a técnica e adaptação menos ocorrerá essa “esfolação”.  Cito isso porque muitos candidatos a Strongmens após um treino reclamam das escoriações. Infelizmente o Strongman é um esporte de contato com os aparelhos  muito grandes, e que a maior preocupação nem vem a ser estas escoriações, mas possíveis lesões musculares mais graves. Para tanto sempre é importante que se pratique o esporte sob orientação de um profissional habilitado.

Bom o meu intuito com a matéria é despertar a curiosidade sobre uma ação simples de carregar uma pedra, abrangendo o aspecto esportivo desta. Caso busquem  maior detalhamento sobre técnica, podem entrar em contato comigo, por email,  para que juntos possamos ver a melhor maneira de atingir seu objetivo.

Bons Treinos, Strong Abraço.

Patrocinadores

a-relacao-entre-o-core-e-a-forca-patrocinadores

Sobre o(a) Colunista: Marcos Ferrari

Palavras Chave

Add no TwitterTwitte Compartilhe com o FacebookCompartilhe

Comentários estão fechados.